Mensagem de Hoje do Missionário

CRESCERAM DEMAIS - 19/02/2017

E não tinha capacidade a terra para poderem habitar juntos, porque a sua fazenda era muita; de maneira que não podiam habitar juntos.

Gênesis 13.6

 

Órfão de pai, Ló foi “adotado” por seu tio Abraão. O sobrinho teve a grande sorte de ser aceito pelo patriarca, que possuía o chamado e a bênção do Senhor. Faria bem a Ló estar ao lado de alguém considerado amigo de Deus (Tg 2.23). Abraão crescia em tudo: tinha comunhão com Deus, prosperava e era guardado por Ele. Portanto, Ló tinha um bom exemplo e, assim, podia também se tornar uma bênção, mas não foi completo no temor a Deus.

O sinal de que uma pessoa é do Senhor se vê nas escolhas que ela faz, pois, por meio delas, prova que respeita a soberania divina. Ló acompanhou Abraão na desventura ao Egito, quando o tio quase perdeu a mulher e viu que temer a Deus é uma das coisas mais importantes na vida (Gn 12.10-20). Ele conhecia bem como vivia Abraão diante dos homens e do Senhor.

Além disso, esteve ao lado do tio nas peregrinações que este empreendeu em Canaã. Abraão era bastante próspero, e Ló, seguindo os caminhos do tio, prosperava também. Sem dúvida, os conselhos que recebera do irmão de seu pai o ajudaram muito. No entanto, a terra não tinha capacidade para acomodar os dois. Com isso, os pastores de Ló começaram a contender com os do patriarca, e o sobrinho nada fez para que entendessem que a primazia era do tio (Gn 13.6-8).

Eles estavam em uma terra onde habitavam cananeus e ferezeus, povos que não temiam o Senhor. Diante disso, Ló e seus pastores deveriam vigiar para não imitar as atitudes daquelas pessoas. Porém, eles não agiram desse modo e, para que não houvesse discórdia, o tio o chamou e propôs a separação. Ora, naquele momento, o sobrinho deveria ter repreendido seus pastores e entrado em oração para que o Altíssimo lhe desse a direção.

Humildemente, Abraão disse que não deveria haver contenda entre eles e que Ló deveria escolher para que lado iria. Se escolhesse o esquerdo, Abraão iria para o direito; mas, se a escolha fosse o direito, o tio iria para o esquerdo. Como não orou, Ló viu o que o diabo lhe mostrou e, ao observar as campinas de Sodoma bem regadas, terra boa para se plantar e colher, sua cobiça falou mais alto, e, assim, partiu para lá com todos os seus bens.

Fique atento ao que pode acontecer no futuro com você, pois a bênção do Senhor enriquece e, certamente, você melhorará muito. No entanto, se o temor divino não estiver verdadeiramente em seu coração, você optará pelo que o homem natural vê, mas, sem dúvida, isso será um laço para a sua vida. O próprio Deus irá prová-lo e, sem o devido respeito pela soberania dEle, você poderá ser mais um daqueles que não vingarão.

Ló entrou rico em Sodoma e ficou mais rico ainda; porém, saiu de lá com a roupa do corpo e com duas filhas, que o levaram a praticar incesto. Ele tentava ser justo, mas não tirou sequer um dos moradores da vida pecaminosa. Vigie, porque só o temor a Deus pode impedi-lo de tomar decisões erradas. Se for guiado pelo seu coração, você escolherá pelo pior! Vigie!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

ORAÇÃO DE HOJE
 

RECEBA AS MENSAGENS EM SEU E-MAIL